PLANTÃO POLICIAL

[Policial][bleft]

VARIADAS

[Categorias][bsummary]

CIDADES

[Cidades][twocolumns]

Em 19 de julho Bob Marley concluía gravação de Live!, 1º álbum ao vivo


Mais de quarenta anos depois do lançamento do álbum, gravações ao vivo de Bob Marley foram encontradas no porão úmido de um hotel em Little Venice, em Londres. Como ficaram durantre décadas em processo de degradação, expostas a água, sujeira, mofo e oscilações de temperatura, precisaram ser restauradas, num esquema cuidadoso e demorado, mas nem todas as faixas conseguiram ser recuperadas. Apenas dez fitas conseguiram ser salvas e foram leiloadas neste último mês de maio na capital britânica.

O responsável pela restauração das fitas foi o engenheiro de som Martin Nichols. Ele descobriu que o material continha músicas gravadas ao vivo em apresentações nos teatros Lyceum e Rainbow, ambos em Londres, e no Pavillon Baltard, em Paris. Entre elas, grandes sucessos da carreira do cantor, como "No Woman No Cry", "Is This Love" e "Jamming". Outro fato interessante sobre essas fitas, datadas nos anos 1970, é que elas foram gravadas com o único "estúdio móvel" existente no Reino Unido na época. E ele foi emprestado pelos Rolling Stones.

Conforme o jornal londrino "Guardian" relatou, as fitas foram encontradas por um funcionário do hotel responsável pela limpeza do local. Ele conhecia o empresário britânico Joe Gatt, que logo se interessou em resgatar as gravações perdidas. Mas como elas estavam danificadas, não sabia bem o que fazer. Foi quando acionou seu amigo e cantor de jazz Louis Hoover.

"Quando vi os rótulos e notas de rodapé nas fitas, eu mal pude acreditar. Fiquei emocionado, mas também triste porque os carretéis estavam muito danificados. Foi angustiante ver aquilo", disse o músico. Inquieto para resolver o problema, Louis apresentou Joe a Martin, o engenheiro de som que salvou as gravações de Bob Marley.

Para coroar o achado extraordinário, as gravações de “Live!”, concluídas em 19 de julho e lançadas em álbum em dezembro daquele ano, foram transformadas em nova edição, agora uma edição de luxo, contendo dois CDs, e que só em 2016 chegaram aos ouvintes apaixonados pelo magistral Bob Marley.

Uma outra gravação das duas noites foi prensada em vinil de 180g em uma edição de luxo com 3 LPs. A nova versão de Live! traz 22 faixas, incluindo versões inéditas de sucessos que não estavam no disco original, como “Stir It Up” e “Slave Driver”. Além de registros que nunca foram ouvidos pelo público, o lançamento traz versões sem cortes de faixas que estavam editadas no álbum original, como “Lively Up Yourself” e “Get Up Stand Up” .

Além dos três discos de 12″, a edição de luxo de Live! conta com um compacto de 7″ que traz no lado A “No Woman, No Cry” e, no lado B, “Natty Dread”.

Nenhum comentário: