PLANTÃO POLICIAL

[Policial][bleft]

VARIADAS

[Categorias][bsummary]

CIDADES

[Cidades][twocolumns]

MP do estado abre inquérito para apurar casos de peste suína em cidade no Piauí


O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do promotor Glécio Paulino Setúbal da Cunha e Silva, decidiu converter Procedimento Administrativo em Inquérito Civil com o objetivo de apurar casos notificados de peste suína e os trabalhos de eliminação de focos da doença que tem encontrado resistência dos criadores do Município de Cabeceiras do Piauí.

Alguns dos sintomas da Peste Suína Clássica são: Hemorragia, febre alta, vômitos, diarréia e falta de apetite.

Na portaria de nº 79, publicada no Diário Oficial do MP desta quarta-feira (24), o promotor explica que a 2ª Promotoria de Justiça de Barras tomou conhecimento, por meio de informações colhidas nos meios de comunicação e da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí-ADAPI, sobre a existência de casos notificados de peste suína no Município de Cabeceiras do Piauí, o que ocasionou o abate de animais somente naquele município.

Ainda de acordo com a portaria, em reunião realizada no dia 06 de maio, na sede do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, para tratar sobre a confirmação de casos de Peste Suína no Estado do Piauí, foi consignado, por representante da ADAPI, que, “essa doença é causada por um vírus e acomete somente porcos e javalis; que o vírus é encontrado na urina, fezes, sêmen, sangue e água que o animal contaminado tenha contágio; que em razão da doença não produzir efeitos em humanos, o principal problema causado é o econômico; que é uma doença de fácil contágio”.

O promotor determinou expedição de ofícios aos criadores do município com o objetivo de colher depoimento ou esclarecimentos e, em caso de não comparecimento injustificado, requisitar condução coercitiva, inclusive pela Polícia Civil ou Militar.

Nenhum comentário: