Huck diz que está disposto a sair da Globo por Presidência


O apresentador da TV Globo, Luciano Huck, se reuniu com políticos do PSDB, do DEM e do Cidadania para falar sobre a disposição dele de concorrer à Presidência da República em 2022. Huck afirmou que, desta vez, não teme um veto da emissora à candidatura presidencial e que está disposto a enfrentar o desafio.

O evento, que aconteceu na casa de Luciano, no Rio de Janeiro, contou com a presença de personalidades políticas como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o economista Armínio Fraga, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, os ex-ministros Mendonça Filho e Raul Jungmann, além de outros personagens de destaque no cenário político nacional.

De acordo com informações do colunista Tales Faria, do Uol, os participantes da reunião se mostraram simpáticos à candidatura, porém, acham que ainda é cedo demais para tomar qualquer decisão pensando no cargo mais alto do executivo nacional. A estratégia seria aguardar as eleições municipais de 2020.

O pleito do próximo ano funcionaria como um termômetro para Huck e João Doria (PSDB), que também pretende concorrer à Presidência, terem uma ideia de qual é a real força dos partidos que estão pretendendo lançá-los em 2022.

Ao contrário de 2018, quando desistiu da candidatura após ser advertido pela Globo de que não voltaria aos quadros da emissora se optasse pela vida política, Huck agora tem viajado pelo Brasil em busca de apoios. Na semana passada, depois do encontro do Rio, ele viajou para São Paulo para se reunir com a cúpula do DEM, incluindo o vice-governador, Rodrigo Garcia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.