MUNICÍPIOS

[Cidades][bleft]

GIRO PELO MARANHÃO

[Noticías do Maranhão][bsummary]

CATEGORIAS

[Categorias][twocolumns]

Governadores do NE reagem após ataque de Bolsonaro a Paulo Câmara

Mais um governador do Nordeste foi alvo das críticas de Jair Bolsonaro. Desta vez, Paulo Câmara (PSB), do Pernambuco foi chamado de "espertalhão" pelo presidente, por conta de um programa estadual que concede 13º salário a beneficiários do Bolsa Família.

"A desonestidade ainda persiste na política. O espertalhão da vez agora é o Governador de Pernambuco, do PSB. Mas o povo de bem reage às mentiras", publicou Bolsonaro no Twitter, junto com o vídeo de um homem que aparece em frente ao outdoor do governo de Pernambuco, acusando Câmara de copiar a iniciativa do governo federal.

- A desonestidade ainda persiste na política. O espertalhão da vez agora é o Governador de Pernambuco, do PSB.
- Mas o povo de bem reage às mentiras

No estado, os beneficiários receberão dois pagamentos do 13º, um pelo programa estadual (anunciado em agosto de 2018) e outro pelo programa federal (anunciado dois meses depois).

Na nota, os governadores do Nordeste expressão solidariedade a Câmara pelo ataque "descabido e desrespeitoso" de Bolsonaro. "Além de inverídica, a mensagem publicada possui um tom inaceitável, em qualquer situação, tornando-se ainda mais grave ao ser assinada pela mais alta autoridade do Poder Executivo nacional. É profundamente lamentável que a missão confiada ao atual presidente seja transformada em um vergonhoso exercício de grosserias e, neste caso, também na propagação de falsidades", diz.

Os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Flávio Dino (Maranhão), João Azevedo (Paraíba), Wellington Dias (Piauí), Fátima Bezerra (Rio Grande do Norte), Camilo Santana (Ceará) e Belivaldo Chagas (Sergipe) assinam a nota.

Nenhum comentário: