Policial Alencar da PMPI é condenado a nove anos pela morte de Bancário em Uruçuí no Piauí

Na manhã de ontem, quarta-feira 27/11, no fórum desembargador Ernesto Baptista, situado à Rua Thomas Peace, s/n, Centro, Uruçuí-Piauí, teve início o julgamento do soldado Alencar, que foi acusado de matar a tiros o Sr. Eliseu Viana Lima.

A sessão do JÚRI teve como presidente a juíza Dra. Rita de Cassia da Silva, o representante do Ministério Público atuante na pessoa do promotor de justiça Dr. Edgar dos Santos Bandeira Filho.

Atuaram como advogados de defesa do acusado: FRANCISCO WALTER DE AMORIM MENESES JÚNIOR E CARLOS ALESSANDRO PARENTE ARAGÃO. De acordo com a maioria dos votos dos jurados o réu foi condenado pelo crime tipificado no artigo 121, $ 2°, inciso I do código penal. Estiveram atuando como jurados os cidadãos: Sílvio Caetano Rodrigues Pinheiro; Ronaldo Paiva Gomes; Everaldo Duarte Borges; Felisberto do Nascimento Barros; Renato Pires da Silva; Aurismar Borges de Oliveira e Marcus Júnior dos Santos. 

Foram ouvidas as testemunhas de acusação Maria de Jesus Nunes viana, Aldean da Silva Oliveira, Josias Barbosa da Silva, Maria Luiza Soares dos Santos e João da Cruz Alves, as quais responderam as perguntas da juíza, bem como as testemunhas de defesa, Rogério Pereira da Silva, Roberto Alves Feitosa e Marcelo Leal Carreiro Varão. A sessão iniciou às 09h00min e terminou às 15h07min. 

O soldado Alencar foi condenado a nove anos e seis meses, em regime semi-aberto. Os advogados de defesa recorreram da sentença proferida.
FONTE: cobrachoca











Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.