PLANTÃO POLICIAL

[Policial][bleft]

VARIADAS

[Categorias][bsummary]

CIDADES

[Cidades][twocolumns]

Copa do Brasil: River fez uma partida brilhante e perdeu nos pênaltis


O técnico Marcelo Vilar mandou o River a campo diante do América-RN na noite desta quarta-feira(26) com uma mudança significativa. Escalou Ronaldo como volante certamente para melhorar o comportamento do sistema defensivo, mas sofre um gol logo aos 10 minutos.

Aí a necessidade maior passou a ser fazer crescer o futebol do meio-campo para perseguir o empate o mais cedo possível e a decisão foi tirar Ronald e chamar Bismarck para o jogo. E deu muíto certo. O River assumiu o comando das ações e passou a criar ótimas oportunidades para marcar.

Foram 2 bolas na trave, defesas do goleiro, bolas batendo nas pernas dos adversários, bolas na rede pelo lado de fora. O placar de 1 x 0 para o América passou a não refletir o andamento do jogo.

Veio uma outra substituição com a entrada de Valdo Bacabal no lugar de Lucas Brasil. O time tricolor ficou melhor ainda com excelente atuação de Valdo Bacabal, autor do gol do empate riverino aos 21 minutos do segundo tempo.

Daí até o final foram raras as ações ofensivas do América, ao tempo em que o River perdia oportunidades em sequência para virar o placar, mas não conseguiu marcar o segundo gol e teve que amargar o empate final de 1 x 1.

A definição da vaga para a terceira fase da Copa do Brasil foi para os pênaltis. O América converteu 4 contra 3 do River. Classificado o América e ganhador do prêmio de 1 milhão e 500 mil reais.

No final do jogo a torcida riverina aplaudiu o time, reconhecendo a atuação brilhante de toda a equipe. Os jogadores tricolores mereceram a classificação, que não veio.

Ficha técnica de River 1 x 1 América-RN:

Local - Estádio Albertão, em Teresina.

Gols - Dione aos 10 minutos do primeiro tempo para o América, aproveitando o rebote de uyma falta cobrada na trave; Valdo Bacabal empatando para o River aos 21 minutos do segundo tempo.

River - Flávio Henrique; Carlos Henrique (Desaily), Cris, Wágner Silva e Biro Biro; Ronald (Bismarck), Gustavo Henrique, Érico Júnior e Émerson; Romário e Lucas Brasil (Valdo Bacabal). Técnico - Marcelo Vilar.

América - Éwerton; André Krobel, Edimar, Édson e Michael; Juninho (Tito), Tiago Orobó, Rato e Lelê; Wállace Pernambucano(Romarinho) e Dione (Adílio). Técnico - Roberto Fernandes.

Árbitro - Christiano Gayo Nascimento-DF; Assistentes - Lucas Torquato Neto-DF e Kléber Alves Ribeiro-DF; 4º árbitro - Jardel da Rocha Soares-PI; Analista de campo - José Valmir dos Santos Xavier.







Nenhum comentário: