MUNICÍPIOS

[Cidades][bleft]

GIRO PELO MARANHÃO

[Noticías do Maranhão][bsummary]

CATEGORIAS

[Categorias][twocolumns]

Com 2 casos de Covid-19, cidade fecha vias de acesso e obriga uso de máscaras

O prefeito de São Félix do Tocantins, Marlen Ribeiro, assinou nessa quarta-feira, (06/05), o Decreto 054/2020, que determina o fechamento imediato das vias de acesso à cidade e estabelece o uso obrigatório de máscaras de proteção. Com informações do Portal Corrente.

O objetivo é impedir a chegada da Covid-19, que já alcançou duas cidades na entrada do Jalapão, Novo Acordo e Lizarda, com um caso cada.

O decreto entra em vigor nesta quinta-feira, 7, e determina que as medidas de isolamento sejam mantidas até o dia 30, podendo ser prorrogadas, conforme a necessidade.

Segundo o gestor, a decisão da gestão municipal se justifica devido a presença de muitas pessoas no município que insistem em frequentar os pontos turísticos, mesmo com a recomendação de distanciamento social.

“Devido aos dois casos na região, um em Lizarda e outro em Novo Acordo, sendo que os dois municípios fazem divisam com São Félix, é que a gestão resolve adotar as medidas constadas no decreto. Temos muitos habitantes idosos no município e precisamos resguardar a saúde da nossa população, por isso resolvemos adotar essas medidas mais rígidas”, disse.

De acordo com o decreto, todas as vias de acesso a São Félix do Tocantins deverão sofrer restrições quanto à circulação de veículos e pessoas. Fica proibido o ingresso ao município de moradores de outros Estados e municípios.

A prefeitura avisou que poderá utilizar barreiras de contenção com a presença de autoridades municipais, agentes de fiscalização da Prefeitura, juntamente com a Polícia Militar do Tocantins e Vigilância Sanitária Municipal.

Aqueles com residência fixa e habitual no município poderão ter acesso normalmente. Já pessoas que possuem propriedade em São Félix, como donos de chácaras e fazendas, mas não a utilizam como primeira residência, não poderão ter acesso ao município, exceto se comprovada urgência.

O decreto ainda destaca que as autoridades poderão solicitar documentos que comprovem a propriedade, como certidão de matrícula do imóvel, comprovante de água, luz, IPTU, certidão de nascimento entre outros.

Além disso, também estabelece multa de até dez salários mínimos para morador da cidade que descumprir o decreto e transportar turistas para os atrativos localizados no município.

A medida ainda ressalta que àqueles que for permitido o ingresso no município deverão ficar em quarentena, conforme orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), sendo que pessoas sintomáticas deverão obrigatoriamente ficar em isolamento, sob pena de medidas legais aplicáveis. Todas as pessoas que adentrarem ao município deverão assinar um Termo de Responsabilidade na entrada da cidade para quarentena ou isolamento.

A partir de segunda-feira, 11, será obrigatório o uso de máscaras de proteção facial em todos os espaços públicos, estabelecimentos comerciais e de serviços em São Félix do Tocantins. As máscaras caseiras, confeccionadas com tecidos, também podem ser utilizadas.

Os estabelecimentos essenciais que continuam funcionando deverão impedir a entrada e permanência de pessoas que não estiverem utilizando máscara de proteção. Além disso, devem observar a quantidade de pessoas dentro dos locais, sendo que o quantitativo máximo é de dez pessoas.

O gestor municipal frisou que as medidas estão em consonância com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde para reduzir a transmissibilidade do vírus. “Estamos adotando essas medidas para proteger a nossa população e garantir que pessoas de outras localidades não entrem no município e possam trazer consigo o vírus”, frisou Marlen.

Nenhum comentário: