Cepa indiana: Guadalupe e Jerumenha estão entre as cidades que precisam ser monitoradas


A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) e as prefeituras municipais já iniciaram a articulação das barreiras sanitárias nas cidades de Teresina, Murici dos Portelas, Joaquim Pires, Ilha Grande, Campo Largo do Piauí, Floriano, Madeiro, Cajueiro da Praia, Luís Correia, Parnaíba, União e Miguel Alves. A ação busca monitorar a possível circulação da cepa indiana do novo coronavírus, já detectada no Maranhão. O Estado também iniciou a fiscalização de algumas divisas com o Ceará.


Na terça (25), a Sesapi anunciou que iria intensificar as barreiras sanitárias em Teresina e 25 municípios com divisa no Maranhão. As barreiras nas demais cidades selecionadas serão implementadas no decorrer dos próximos dias.

Em Teresina, a Sesapi montou a barreira na Ponte da Amizade e a Fundação Municipal de Saúde está na Ponte da Tabuleta. Elas seguem ativas neste domingo (30).

Também há barreiras na Ponte do Jandira, divisa com município de Araioses (MA); no Posto do Retiro, divisa com Chaval (CE);e no posto de Jacaranda, divisa com Viçosa (CE).

“Algumas barreiras já estão sendo instaladas, mas isso depende de cada município. Os municípios precisam montar as barreiras; a gente entra com o apoio para a equipe trabalhar. Também aguardamos resolução da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] para fortalecer a questão de aeroportos e da nota técnica elaborada juntamente com a Vigilância [Sanitária]. É um processo gradativo e lento, que a gente também precisa de determinações do Ministério [da Saúde]”, comenta Dilia Falcão, coordenadora do Programa Busca Ativa, que está em viagem pelos municípios.

De acordo com a Sesapi, além de Teresina, “as 25 barreiras que serão reforçadas estão localizadas nos municípios de Ilha Grande; Parnaíba; Gilbués; Santa Filomena; Ribeiro Gonçalves; Uruçuí; Antônio Almeida; Porto Alegre do Piauí; Guadalupe; Jerumenha; Floriano; Amarante; Palmeirais; Nazária; União; Miguel Alves; Porto; Campo Largo do Piauí; Matias Olímpio; Madeiro; Joca Marques; Luzilândia; Joaquim Pires; Murici dos Portelas e Buriti dos Lopes”.

Foto: Ascom/FMS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.