Mulher reencontra o amor da vida após 20 anos de espera no Piauí


Uma história para inspirar os apaixonados. Por quanto tempo o amor pode esperar? Se o sentimento for verdadeiro mesmo, é possível que o casal aguarde mais de duas décadas sem esquecer do grande amor. É o caso de Joselita Reis Barbosa, de 48 anos, moradora do bairro Lourival Parente, zona Sul de Teresina, e o namorado Jeová Gusmão, de 49 anos.

Eles esperaram 20 anos para se reencontrar no Dia dos Namorados, que aconteceu neste sábado, 12 de junho. Após um rápido encontro, o amor à primeira vista falou mais alto do que todo esse tempo de espera.


A informação foi compartilhada via Twitter por Ylayana Ravena, filha da dona Joselita. "Coração a mil, mãos geladas, mas quando nos reencontramos parecia que o tempo nem tinha passado. Nada mudou! O amor não acaba quando é verdadeiro", disparou Joselita.


O reencontro. Crédito: Reprodução/Twitter.

Dona Joselita explica que valeu a pena esperar todo esse tempo. "Quando nós sabemos que o amor existe, com certeza vale a pena esperar. Eu trabalhava no restaurante do meu pai, ele é caminhoneiro e parou para descansar e comer algo. Eu o atendi e foi amor à primeira vista. Não vamos mais nos separar. Vamos fazer dar certo", disse.

O grande reencontro do casal, 20 anos depois. Hoje e 20 anos atrás, respectivamente. Crédito: Reprodução/Twitter.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.