Os leitos de UTI do setor Covid em Floriano estão todos lotados


A assessoria de comunicação do Hospital Regional Tibério Nunes da cidade de Floriano do estado do Piauí, informou neste domingo dia, 13/06, que a UTI do setor convid atingiu a sua lotação mais uma vez. 

Confira os números.

UTI está com 20 pessoas, sendo (11 de Floriano)
Setor Clínicos está com 16 pessoas, sendo (07 de Floriano)
Setor Clínicos Clinicor 02 Pessoas, e (0 de Floriano)
Óbitos 01
Recuperados 07
Hospital Dia 11
Altas da UTI 00

Foram registrados, no Piauí, 254 casos confirmados e oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 10 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste domingo (13/06).

Dos 254 casos confirmados da doença 150 são mulheres e 104 são homens, com idades entre um e 85 anos.

Cinco homens e três mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Canto do Buriti (38 anos), Luzilândia (63 anos) e Piracuruca (42 anos). Já os homens eram de Brasileira (55 anos), Floriano (41 anos), Parnaíba (57 e 68 anos) e Teresina (88 anos).

Dos óbitos acumulados as duas mulheres eram de Parnaíba (69 anos) e Teresina (67 anos). Já os oito homens eram de Brasileira (78 anos), Guadalupe (52 anos), Monsenhor Gil (94 anos), São Miguel da Baixa Grande (69 anos) e Teresina (56, 64, 68 e 70 anos).



Os casos confirmados no estado somam 285.036 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.240 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 816 ocupados, sendo 479 leitos clínicos, 312 UTIs e 25 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.459 até o dia 13 de junho de 2021.
A Sesapi estima que 277.980 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.