Bancário surta no interior do Piauí e faz família refém


Um servidor da Caixa Econômica Federal teve um surto psicótico e acabou fazendo a própria família refém em uma residência no Povoado Marrecas, na zona rural do município de Barras.

Segundo o sargento Luís Carlos, o homem chegou a ameaçar tirar a vida da esposa e da filha, mas elas conseguiram fugir na noite de segunda-feira (12). “Ele estava com a esposa em cárcere privado, querendo matar a esposa e a filha com uma faca. Na noite de segunda-feira, a esposa e a filha conseguiram fugir e ele ficou sozinho na residência. Ele é funcionário da Caixa Econômica Federal, estava afastado por ter contraído covid-19 e familiares relataram que esse distúrbio se deu após ele contrair a doença”, informou.


Bancário surta e faz família refém na zona rural de Barras

Ainda de acordo com o sargento Luís Carlos, o servidor acabou se entregando na tarde de terça-feira (13), após negociar com equipes da Polícia Militar, do Grupo de Apoio Voluntário (GAV) e do Centro de Assistência Psicossocial (CAPS). “Quando chegamos, ele estava na varanda da casa com um tablet na mão como se estivesse falando com uma pessoa, mas a gente percebeu que ele não estava falando com ninguém. Um funcionário do CAPS entrou no terreno, conversou com ele e ele se entregou normalmente, não esboçou nenhuma reação. Foi tranquilo”, disse o sargento.

O bancário foi colocado em uma van e encaminhado por uma equipe do CAPS a um hospital particular de Teresina, onde deve passar por um tratamento.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.