Gleisi Hoffmann executiva Nacional do PT declara apoio à ditadura cubana


A Comissão Executiva Nacional do PT, comandada pela deputada Gleisi Hoffmann, divulgou nesta segunda-feira (12) nota em apoio ao Governo de Cuba, no momento em que o país está passando por uma onda de protestos contra a ditadura, pela primeira vez em mais de 60 anos.

Durante os protestos, os manifestantes pediam a renúncia do presidente Miguel Díaz-Canel, gritavam "liberdade" e cantavam músicas contra o regime. Já Díaz-Canel convocou seus apoiadores a tomarem as ruas para "confrontar" os manifestantes.


Gleisi Hoffmann

Em nota, o PT diz que condena “os que – a exemplo do governo estadunidense – falam em ajuda humanitária ao mesmo tempo que mantém o bloqueio e aprovam recursos financeiros para grupos de oposição”.

"O PT reafirma sua condenação irrestrita ao bloqueio e exige seu levantamento imediato por questões humanitárias, de respeito às leis internacionais e ao direito inalienável dos povos por sua soberania e autodeterminação", diz outro trecho da nota.

Confira abaixo nota na íntegra:

O Partido dos Trabalhadores (PT) expressa seu apoio e solidariedade incondicionais ao povo e ao governo da irmã República de Cuba, que há seis décadas são vítimas de um bloqueio por parte dos Estados Unidos da América (EUA), prejudicando as relações comerciais e diplomáticas do país com o resto do mundo.


No último dia 23 de junho, o PT se manifestou sobre a votação pelos países membros da Organização das Nações Unidas (ONU) quanto ao bloqueio, que foi condenado por esmagadora maioria com 184 votos, tendo havido apenas dois votos em defesa do bloqueio (EUA e Israel) e três abstenções (Brasil, Colômbia e Ucrânia). Esta posição da ONU é a mesma desde quando o tema foi votado pela primeira vez.

O povo cubano é a maior vítima deste longo e criminoso bloqueio, sendo alijado de condições regulares para uma vida digna, que poderia ser alcançada em uma situação de normalidade.

Aliado ao advento da pandemia de COVID-19, no início de 2020, o país teve dificultado seu acesso a alimentos, material sanitário e recursos financeiros num momento de extrema necessidade. Além disso, a pandemia levou ao agravamento da situação econômica interna, em consequência de uma drástica queda dos ganhos com o turismo, uma das principais fontes de renda do país.

Contrariando todas estas adversidades, Cuba conseguiu desenvolver uma vacina contra o SARS-CoV-2, utilizando tecnologia própria, estando em estágio avançado de vacinação interna e inclusive tendo sido capaz de exportar doses para outros países.

Com base no exposto, o PT condena os que – a exemplo do governo estadunidense – falam em “ajuda humanitária” ao mesmo tempo que mantém o bloqueio e aprovam recursos financeiros para grupos de oposição.

O PT reafirma sua condenação irrestrita ao bloqueio e exige seu levantamento imediato por questões humanitárias, de respeito às leis internacionais e ao direito inalienável dos povos por sua soberania e autodeterminação.

12 de julho de 2021.

Comissão Executiva Nacional do PT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.