Idoso de 77 anos é sequestrado e torturado durante 9 horas em Santa Cruz do Piauí


Um idoso identificado pelas iniciais J.V de S., de 77 anos, foi sequestrado e torturado por mais de 9 horas no último sábado (11), segundo a Polícia Militar. O crime ocorreu na cidade de Santa Cruz do Piauí, cidade localizada cerca de 260 km ao Sul de Teresina.Um dos suspeitos foi localizado e preso ainda no dia do crime e confessou participação no caso, dizendo que teria dado R$ 2 mil para que um “pistoleiro” torturasse o idoso, conforme a PM. A vingança seria porque o idoso teria envenenado animais do suspeito preso. Contudo, a polícia não confirmou a participação do idoso no caso.


Segundo o sargento Saulo Sousa, da Polícia Militar da cidade, o idoso relatou que ficou nas mãos dos criminosos das 7h até as 16h, sofrendo diversas agressões físicas, afogamento, teve armas apontadas à cabeça, várias outras formas de torturas, além das constantes ameaças de morte.

A polícia não informou como a vítima conseguiu escapar ou se foi libertado pelos criminosos. O caso chegou aos policiais por volta das 21h, quando o idoso deu entrada em unidade de pronto atendimento com lesões que indicavam sinais de agressão e tortura. A equipe de enfermagem acionou os policiais.

Ao chegar ao hospital onde a vítima estava recebendo atendimento, à polícia ele relatou o acontecido e apontou os responsáveis pelo crime. Um dos suspeitos, que seria o mandante do crime, foi encontrado ainda na noite do sábado e preso em flagrante.Homem acusado de torturar (Foto: Reprodução)


“Ele confessou que participou ação, reafirmou as ameaças de morte à vítima, e indicou também, o outro envolvido. Segundo o homem, um dos motivos do crime seria o fato de o idoso ter envenenado 26 cabeças de gado dele. Ele disse ainda que pagou R$ 2 mil para um ‘pistoleiro’ torturar o idoso”, declarou o sargento.

Ainda conforme o relato do suspeito à polícia, o segundo envolvido teria voltado ao Pará, sua terra natal. Os dois suspeitos do crime não se conheciam anteriormente. A polícia segue em buscas na tentativa de identificar e prender o segundo envolvido.

O estado de saúde do idoso é considerado estável e ele já está na companhia de sua família.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.